O Masculino



O embate dos pés com o chão, o toque, o peso, o barulho seco.
Os olhos que encaram através dos óculos, detrás dos ombros,
eu lembro, eu esqueço...

A sombra das curvas, do corpo e dos cheiros, dançando no ar feito fumaça no fundo de cedro,
o desespero,
o peso, o peso...

O áspero do calcanhar e os calos nos dedos,
os cabelos,
os ângulos dos teus cotovelos...

4 Response to O Masculino

2 de fevereiro de 2010 12:32

Bonito isso, você que escreveu?

bju

tia Wahine
26 de fevereiro de 2010 19:54

que linda!
Meu sensível pudim!
Sempre foi ótima nos versinhos!!
Lembra de mata mata, meu amor???
rsrsrsrsrs te amo!

27 de fevereiro de 2010 06:12

A pessoa vem no meu blog me chamar de molenga! hehe
Mas claaaro que eu lembro do "mata mata, meu amor", nossa primeira composição em parceria!
Te amo mais Dona Wahine <3

ale
1 de abril de 2010 11:27

Vc é uma artista, princesa!!!!!!!!!!!!

 

Labels

Copyright © 2009 lo increible y lo frágil que es todo All rights reserved.
Converted To Blogger Template by Anshul Theme By- WooThemes