No fim do dia,
Ao soar das badaladas, das vidas viradas
O amor não é nada
nada

2 Response to

27 de novembro de 2009 15:48

AMEI!
Mas acho que há um engano: o amor é TUDO! Sem esse nobre sentimento, nossas existências não se justificariam.
Quando nos desiludimos com alguém ou quando algo não vai bem, não quer dizer que não houve/há amor. É apenas que não era o momento certo. Só isso.
Beijos prima!

28 de novembro de 2009 23:34

ai, dor

 

Labels

Copyright © 2009 lo increible y lo frágil que es todo All rights reserved.
Converted To Blogger Template by Anshul Theme By- WooThemes